Elevador Lacerda (Brasil)

elevadorlacerda

O meio mais fácil e rápido de chegar à Cidade Baixa de Salvador ou à Cidade Alta e ao Pelourinho é através do Elevador Lacerda. O movimento não para durante todo o dia, afinal ele é o principal meio de transporte para os moradores de Salvador. Só que turistas e visitantes também utilizam o Elevador Lacerda para transitar entre a baixa e a alta da capital baiana, inclusive à noite quando eles vão ao Pelourinho desfrutar da vida noturna em bares e restaurantes da região.

Mas, não pense que o Elevador Lacerda “nasceu” do jeito que ele é hoje. Quando a construção foi iniciada em 1869, o projeto do elevador do engenheiro Antônio Lacerda (considerado um grande desafio de engenharia para a época), incluía somente uma torre e duas cabines (1 e 2) movidas pela força hidráulica.

Quando foi inaugurado em 1873, o monumento baiano recebeu o nome de Elevador Hydraulico da Conceição da Praia (foi inaugurado no dia 8 de dezembro, dia de Nossa Senhora da Conceição), popularmente chamado de Elevador do Parafuso. Naquela época, foi o primeiro elevador no mundo a servir de transporte público. Em homenagem ao responsável pelo projeto, em 1896, o Elevador passou a se chamar Elevador Antônio de Lacerda, ou, simplesmente, Elevador Lacerda.

Ao longo dos anos, o elevador passou por algumas reformas. Em 1906, o sistema hidráulico foi substituído pelo sistema elétrico. Em 1930, foi construída a segunda torre, cuja arquitetura seguiu o estilo art déco. Mais duas cabines (3 e 4) também foram instaladas. Já em 1977 foi feita a revisão de todo o maquinário elétrico e eletroeletrônico. Em 2002, o Elevador Lacerda ganhou nova iluminação noturna, e um ano depois, foram instaladas novas cabines.

O que se vê hoje, portanto, é um dos principais cartões-postais de Salvador com duas torres de 72 metros e quatro cabines. Uma das torres sai da rocha e perfura a Ladeira da Montanha, equilibrando as cabines, enquanto que a outra desce até o nível da Cidade Baixa. As duas torres são ligadas por uma plataforma de 71 m de vão. A capacidade em cada cabine é de 25 pessoas. O percurso é rápido, levando cerca de 30 segundos para sair da Praça Visconde de Cairu, onde fica o Mercado Modelo, em direção à Praça Tomé de Souza.

Mas, não pense que as cabines são panorâmicas e você poderá apreciar a paisagem enquanto desce e sobe no elevador. Somente quando se chega à Cidade Alta é que pode-se contemplar a vista do Mercado Modelo, do Forte de São Marcelo e da Baía de Todos os Santos.

Devido à sua importância turística e histórica para o centro de Salvador, em 7 de dezembro de 1996, o Elevador Lacerda foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Horário de Funcionamento:
Diariamente
6h às 23h

Obs: Durante os dias de carnaval, funciona 24h por dia.

Preço da passagem: (2015)
R$ 0,15

Como chegar:
De ônibus:
Diversas linhas de ônibus param próximo ao Mercado Modelo e ao Elevador Lacerda.

Leia mais sobre o Brasil – Clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *