Torre Eiffel (França)

torreeiffel

Apesar de haver inúmeros pontos turísticos em Paris, a Torre Eiffel é, sem dúvida, o símbolo maior da Cidade Luz. Uma das mais visitadas atrações em todo o mundo, esse monumento desperta paixões em franceses e turistas que não se cansam de admirar tão belo cartão-postal, capaz de receber milhões de visitantes todos os anos.

Mas, você sabia que a Torre Eiffel foi construída para ser uma instalação temporária? E que existe uma antena de rádio no topo do monumento? Pois é, o projeto de construção da torre levou dois anos, sendo inaugurada em 31 de março de 1889, para a Exposição Universal, em Paris. Era a comemoração do primeiro centenário da Revolução Francesa.

Vinte anos depois da inauguração, ou seja, em 1909, o contrato do terreno expirou e cogitou-se demolir a torre. Só que ela foi salva de ir ao chão por causa de uma antena de transmissão de rádio, colocada nos últimos 20 metros da torre. Foram muitas as experiências científicas feitas em suas instalações por Eiffel (as primeiras transmissões radiofônicas, em 1898; serviu como rádio militar em 1903; a transmissão do primeiro programa da rádio pública em 1925; entre outras).

Considerada uma estrutura revolucionária e moderna para a época (foram utilizadas cerca de 10 mil toneladas de ferro), a torre de Gustave Eiffel tem 324 metros de altura, e até 1930 era considerada a construção mais alta do mundo. Ela perdeu o posto de mais alta para o Edifício Chrysler, de Nova Iorque. Hoje em dia, obviamente, a altura da Torre Eiffel já foi ultrapassada por gigantescos prédios que vem sendo construídos ao longo dos últimos anos.

Quem nunca visitou a Torre Eiffel poderá se impressionar, não somente com a paisagem que se vê do alto, mas também com relação ao que se encontra no interior do monumento francês. A torre conta com três níveis para os visitantes, sendo duas plataformas de observação (a do segundo andar, por exemplo, tem 115 metros de altura e do topo com 324 metros).

No primeiro andar, o visitante pode visitar uma exposição sobre a história de Gustave Eiffel e do monumento, além de fazer uma parada básica no restaurante local. De lá, já se tem uma vista muito bonita de Paris. No segundo andar, mais um restaurante oferece uma vista única e inesquecível da capital francesa. E no terceiro andar, nada melhor do que tomar uma champanhe no bar localizado no topo da Torre Eiffel e fazer um brinde à vida, ao amor e à Paris, claro.

Mas, como chegar ao topo? Bom, há duas opções. O turista pode subir de elevador, ou então ir curtindo o visual subindo as escadas para chegar aos dois primeiros andares. Lembre-se, porém, que se você quiser passear pela estrutura metálica e sem pressa terá que ter fôlego, pois são 704 degraus até o segundo pavimento. Ou se preferir, subir de elevador e descer de escada. Já o terceiro nível só é possível – ufa! – através do elevador.

Do alto, o turista pode observar diversos monumentos como o Museu do Louvre e a sua Pirâmide, a Catedral de Notre-Dame, o Arco do Triunfo, o Palácio de Chaillot e o Palácio de Versalhes. O rio Sena, a Champs-Élyssés e o Jardim das Tullerias são mais alguns atrativos apreciados da Torre Eiffel, além de muitos outros. Uma vista de 360º de tirar o fôlego.

Muitos visitantes preferem subir a torre ao entardecer, para aproveitar a luz do dia e depois ver o pôr do sol e as luzes da cidade se acendendo do alto. E quem já visitou o monumento durante o dia costuma não perder a visão que se tem do chão da bela Torre Eiffel toda iluminada.

Com o passar dos anos, o sucesso da Torre Eiffel foi aumentando, aumentando, aumentando. E o número de visitantes crescendo cada vez mais, chegando a casa dos milhões a cada ano. Por isso, hoje nem se pode cogitar a possibilidade de o monumento ir ao chão. Afinal, de contas, a Torre Eiffel é um símbolo de Paris, da França e do mundo.

Horário de Funcionamento:
Todos os dias
1° de janeiro a 14 de junho
Elevador:
9h30 às 23h45 – Última subida às 23h (para o último piso às 22h)
Escadas:
9h30 às 18h30 (Último acesso às 18h.)

15 de junho a 1° de setembro
Elevador:
9h à 0h45 – Última subida à meia-noite (para o último piso às 23h)
Escadas:
9h à 0h45 (Último acesso à meia-noite.)

2 de setembro a 31 de dezembro
Elevador:
9h30 às 23h45 – Última subida às 23h (para o último piso às 22h)
Escadas:
9h30 às 18h30 (Último acesso às 18h.)

Preço dos Ingressos: (2015)
Adultos – 9 € (bilhetes de acesso ao elevador para o segundo piso); 15,50 € (bilhetes de acesso ao elevador para o piso superior); 5 € (bilhetes de acesso às escadas para o segundo piso).

Jovens (12 a 24 anos) –  7 € (bilhetes de acesso ao elevador para o segundo piso); 13,50 € (bilhetes de acesso ao elevador para o piso superior); 4 € (bilhetes de acesso às escadas para o segundo piso).

Tarifas Reduzidas Crianças (4 a 11) e Deficientes – 4,50 € (bilhetes de acesso ao elevador para o segundo piso); 11,50 € (bilhetes de acesso ao elevador para o piso superior); 3,50 € (bilhetes de acesso às escadas para o segundo piso).

Obs1: As crianças de menos de 4 anos não pagam. Todos os acompanhantes pagam a tarifa de adultos na íntegra.

Obs2: Quem acompanha pessoas com deficiência tem direito a tarifa reduzida.

Obs3: O visitante pode fazer a sua reserva online e comprar o bilhete antecipadamente, escolhendo o dia e o horário.

Como chegar:
De metrô:
Estações Bir-Hakeim, Trocadéro, École Militaire

RER (transporte ferroviário):
Linha C – Estação Champ de Mars-Tour Eiffel

De ônibus:
Linhas 22 – 30 – 32 – 42 – 63 – 69 – 72 – 80 – 82 – 87

De barco:
Escala Tour Eiffel, port de la Bourdonnais

De táxi:
Estação Quai Branly, Pilier Ouest

Estacionamento de carros:
Place Joffre, Quai Branly

Leia mais sobre a França – Clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *